Editorial

 

Lutamos por uma conscientização dos profissionais da área da beleza para que entendam este maravilhoso mercado de pessoas bonitas e querendo ficarem bonitas,  entendam a responsabilidade e vejam as possibilidades de realização profissional.

A  beleza é um segmento que todos anos apresentam crescimento no comércio de produtos e aliado a isso vem a necessidade de certificação para o profissional, isto faz crescer um número cada vez maior de centros técnicos, muitos de bom nível e alguns nem tanto, como em todo nicho de mercado,  e isso pode acarretar uma deficiência na educação do profissional em um mercado em que muitos trabalham sem certificação nenhuma; e sem o devido conhecimento sobre o produto que utiliza e a correta aplicação da técnica, a profissional não saíra capacitada para o mercado o que pode por em risco a cliente.

Entendemos que a diferença maior entre o amador e o profissional é justamente o conhecimento teórico seguido da prática assistida que ele adquire em sala de aula com a assistência de um professor para guiá-lo pelo caminho certo; e para este profissional se tornar um instrutor técnico ele precisará de muitas horas de atendimento prático e muitos outros cursos para acrescentar experiência e sabedoria  e ai sim ele ter algo para ensinar a alguem.

Mas isto não é muito comum na prática, o que vemos são alunas recém formadas sendo contratadas para serem instrutoras técnicas , e eu pessoalmente penso que está idéia de disseminação sem muito conteúdo teórico e sem um olhar mais profundo sobre o serviço que se propõe a realizar muito arriscado para o futuro seguro desta área, portanto somos totalmente a favor dos centros técnicos que primam pelo ensino teórico rico em informações e uma técnica assistida realmente, o que se vê muito aqui no Brasil são 30 alunas em uma sala e uma instrutora, isso prejudica muito a teoria e mais ainda a prática das aulas.

E como em toda farmácia que é obrigada por lei a ter um farmacéutico,pensamos ser FUNDAMENTAL  que todo centro técnico tenha uma pedagoga para coordenar os cursos e dar suporte pedagógico para os outros instrutores e ainda direcionar toda a elaboração do material didático para as aulas teórica e o dinamismo das aulas práticas, isto torna grande qualquer centro técnico, indiferente da quantidade de dinheiro que ele investe em marketing ou do espaço fisico que dispõe.

Lutamos por isso e pensamos que só a educação, a consciência e a honestidade  pode ajudar o profissional a crescer e fazer crescer este maravilhoso nicho de mercado.

Marcelo Gomes

                                                    Cuidado com o MMA                                                

O que é MMA e por que você deve se preocupar com isso?

MMA é metacrilato de metilo, um ingrediente que pode ser encontrado no monomero. Foi usado muito cedo na indústria, antes dos seus perigos serem  bem conhecidos.

Nos anos 70, o FDA, orgão regulador dos Estados Unidos,  considerou-o como uma substância venenosa e perigosa quando usado em alongamento de unhas. Cerca de 30 estados, a partir de 2005, proibiu o uso.Em maio de 2003, a Health Canada emitiu um aviso relativo à proibição de venda de todos os produtos cosméticos de unhas contendo MMA.

Por que é perigoso o MMA?
RESUMO DE PERIGO  (Ficha de dados de segurança de materiais- MSDS)

    MMA tem um forte, ardido e frutado odor e pode afetá-lo quando respirado dentro de um abiente sem ventilação, isso pode ser prejudicial com o feto em desenvolvimento.
    A exposição ao MMA pode irritar os olhos, pele, nariz e garganta.
    MMA pode causar uma alergia de pele, dermatite de contato.
    A exposição pode causar danos ao sistema nervoso. Os sintomas podem incluir formigamento, dormência, fraqueza e alterações na capacidade de lembrar e se concentrar.
    Os efeitos secundários graves podem incluir insuficiência hepática ou renal, danos no sistema nervoso e problemas reprodutivos.

Porque é que o MMA ainda é usado?

MMA ainda é usado em todo o mundo, porque ele endurece muito rápido e requer menos habilidade. Mas acima de tudo, porque é barato comparado a EMA (etil metacrilato, que não deve ser confundido com o MMA e é seguro.)

Clientes que desfrutam  de suas unhas feitas com MMA,  por causa de sua dureza podem bater que ela não quebrará e com isso, talvez dentro de alguns dias a cliente estará sentindo dor, pressão e dormência, e depois, talvez, observar por sua vez, a unha ficando preta.

Como você sabe se o técnico está usando MMA?

    Ele tem um odor forte e incomum ou estranho que não cheira a outros líquidos de acrílico. Odor está presente durante a aplicação e quando faz o lixamento (ao contrário do EMA que não tem odor quando lixado) do produto ja duro (para manutenção ou reparos).
    As unhas naturais devem ter sua superfície severamente agredida para o produto aderir . O EMA tem uma adesão superior ao MMA.
    O acabamento é extremamente difícil e muito difícil para fazer o lixamento, mesmo com lixas grossas.
    A cor pode ficar turva ou leitosa quando seco, muitas vezes amarelado.
    Baixo preço de manutenção e aplicação completa (com MMA custa 1/3 do com EMA)
    Embalagem sem rótulos -  quando o técnico não mostrar ou dizer ao cliente que tipo de produto está sendo usado.


            Cabina de LED UV x  UV lâmpadas

Hoje com a tecnologia avançando rapidamente novos produtos são criados, e como não poderia deixar de ser essa evolução chegou também nas cabinas para a cura dos produtos derivados de Gel UV para unhas, que são o base coat, os géis de construção, géis coloridos e o verniz em gel, que é uma opção para quem tem alergia aos esmaltes.

As cabinas de UV já conhecemos bem e a tecnolgia das lâmpadas é bem antiga, o que proporciona lâmpadas com potência estável e é também barata se comparada ao LED UV que por ser uma tecnologia relativamente nova tem um custo alto, e a potência dos LEDs, dependendo da origem, é relativamente fraca ¼ de Watts por LED.

Mas o que é o LED?

O LED é um componente eletrônico semicondutor, ou seja, um diodo emissor de luz ( L.E.D = Light emitter diode ), mesma tecnologia utilizada nos chips dos computadores, que tem a propriedade de transformar energia elétrica em luz e estão disponíveis em tamanhos  de 3mm, 5mm e 10mm nas cores vermelha, verde, laranja, azul, branca entre outros, a cor do LED é resultado do material que o LED é feito, geralmente de elementos como galênio, arsênio e fósforo.

Tal transformação é diferente da encontrada nas lâmpadas convensionais que utilizam filamentos metálicos, radiação ultravioleta e descarga de gases, dentre outras. Nos LEDs, a transformação de energia elétrica em luz é feita na matéria, sendo, por isso, chamada de Estado sólido ( Solid State ).

Cada LED tem um chip  semi-condutor em seu interior, quando a eletricidade é aplicada, os elétrons apenas fluem para uma direção e pulando de uma camada para a outra do chip atraídos por outra partícula positiva. Quando a partícula negativa e positiva se combina, um quantum de energia é emitido na forma de um fóton de luz.

Os LEDs são mais duráveis, mais brilhosos, não esquentam e consomem menos energia.  Uma lâmpada de UV tem uma vida útil média de18 meses, o LED desde que utilizado dentro dos parâmetros de trabalho, vai durar 10 anos!

Mas hoje ainda é utilizados os LEDs normais que trabalham com 0,25W, como mostra a especificação abaixo

Rres = (14 - 4)/0,025A = 400 Ohms (valor do resistor)
Pres = (14 - 4)*0,025A = 0,25 Watts (potência do resistor)

Existe no mercado o super LED que tem potência que variam entre 1 a 30 Watts.

Por este motivo, de ser uma tecnologia  cara e ainda em desenvolvimento, a maioria das cabinas de gel LED UV utilizam os Leds de baixa potência, pois tem um custo mais baixo do que os Leds de alta potência, isso implica diretamente no tempo de cura do produto gel acrílico, os produtos tradicionais em gel que endurecem em 5 minutos em uma cabina de lâmpadas UV de 36 Watts ( 4 x 9watts) demoram em média 10 minutos para endurecerem em uma cabina LED UV, justamente por causa da baixa potência dos LEDs, isso levou as industrias a alterar o tempo de endurecimento dos géis, deixando os produtos derivados do gel acrílico mais sensíveis aos raios UV.

Portanto se você comprou uma cabina de LED UV e trabalha com o gel tradicional, não pense que o gel não funciona , pois é só aumentar o tempo de exposição a luz UV gerada pelo LED e seu produto irá curar (endurecer).
Concluímos que diferença básica é a vida útil da cabina que aumenta bastante na tecnologia LED, mas as velhas e boas lâmpadas U.Vs. ainda continuarão um bom tempo no mercado, pois, por enquanto a eficiência luminosa das lâmpadas garantem mais eficácia na cura dos produtos UV, já que a eficiência das cabinas LEDs estão ligadas a origem do componente LED utilizados, sua fabricação, a matéria prima de sua fabricação e principalmente a potência REAL dos LEDs utilizados, que são sempre uma incógnita.

Unha de Dama Studio

 

 

© 2012 Unha de Dama. All Rights Reserved